TV Gustavo Alves



Veja aqui todos os vídeos da TV Gustavo Alves

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Congresso com os melhores Design em Cabelos do mundo em São Paulo




No final de agosto e começo de setembro, São Paulo foi palco de um dos maiores encontros de Design em Cabelos mundiais, o Creative Color e a Beauty Fair.

Profissionais das Américas e da Europa reuniram-se para ditar as tendências primavera 2009 e verão 2009/10.

Foi um verdadeiro show de cortes, cores, formas e tratamentos para a beleza feminina e masculina.

Após a abertura oficial do 17º Creative Color International, a primeira equipe a se apresentar no evento foi a BSG International. Sob coordenação técnica de Vera Flecher e formada pelos hairstylists argentinos Gustavo Cochet e Fabrizio Raimondo e pelos brasileiros Marina Honda e Alexandre Zucker, ela apresentou a tendência Olhares Sobre a Diversidade.Marina e Cochet iniciaram o show realizando penteados. Enquanto ela estilizava um corte à la Amy Winehouse, o argentino caprichou em um modelo avant-garde, lançando mão de um aplique para garantir um imenso volume lateral. A tendência reuniu ainda diversas cores no mesmo look, como preto e vermelho, apostou em tendências de verão, como o rabo de cavalo, mas tudo com alguma característica vanguardista bastante marcante.Zucker e Raimondo foram os responsáveis pelos cortes, nos quais a assimetria foi amplamente explorada. O brasileiro apostou no comprimento médio , com uma franja desconectada lateral. Os fios loiros da modelo receberam uma exuberância extra com uma grossa mecha preta que proporcionou um contraste perfeito. Já o argentino construiu um degradê suave, projetando as mechas para frente, o que garantiu uma leveza ao corte.Cochet realizou ainda um corte que teve como pano de fundo o estilo emo. Fios pretos ganharam uma franja lateral bastante comprida e fios curtos no topo.O figurino do show foi a cargo da marca La Fort, os acessórios são de Rose Benedeth e Acessórios Modernos, e os sapatos de Fernando Pires.
.
Uma atmosfera misteriosa com estilo barroco, própria de um baile de máscaras de antigamente, esteve presente durante o início do show da rede Bnº1. Entre os looks, a trança, que será uma das mais fortes tendências de verão, apareceram compridas e enroladas no topo da cabeça, ou na parte de trás, criando um estilo mais luxuoso para um penteado tão popular.Igor Rago e Samuel Milotic também realizaram cortes. Um look de base lisa preta e caimento frisado marrom cedeu lugar para um visual curtíssimo, desconectado e assimétrico perfeito para realçar bastante o rosto. Fios loiros receberam um corte chanel estilizado em diversas camadas traseiras, uma delas garantindo um arrepiado levemente rebelde, que promoveu um contraste moderno ao estilo clássico.Na sequência, os italianos produziram penteados. Igor trabalhou com cabelos desfiados, todos puxados para trás, divididos ao meio e presos em um rabo de cavalo lateral, que posteriormente virou um rolinho. Outros destaques foram fios na tonalidade púrpura, que surgiram bem lisos, com uma franja irregular. Elementos com as franjas laterais, laterais na forma de bico e mistura de tons também foram amplamente explorados.
.
Os espanhóis Jorge, Marco e Josete, da equipe X-presion subiram pela primeira vez ao palco do Creative Color International em São Paulo para encerrar as apresentações da primeira noite do evento. Um ambiente futurista foi o pano de fundo para um show inovador onde as roupas feitas de vinil e plástico preto e a trilha sonora eletrônica só ressaltaram a modernidade e ousadia dos looks. Os cabelos mesclaram áreas raspadas na frente, na nuca de baixo e nas laterais com cabelos curtíssimos, enrolados ou com diversas camadas, bem no estilo punk. Fios assimétricos com franjas laterais bastante irregulares foram base para uma coloração vermelha intensa, super marcante. E as mechas não podiam estar de fora, mas claro, de uma forma bem característica do X-presion: verdes, violetas, vinho e loiras. Os fios laterais surgiram com comprimentos muito díspares ou desfiados, mas nunca convencionais. No fim da apresentação, os coques ultra vanguardistas surgiram nas mais diferentes cores e formatos, decorados com imensas estruturas muito particulares, sublinhando o clima sombrio e impactante da proposta.
.
Antonio Bellver surgiu despretensioso e encantou a plateia em seu show de cabelos com cores alegres, vivas e texturas misturadas.
Lisos e ondulados estavam juntos em um vibrante tom laranja, cada um com seu comprimento individual, ao lado de fios pretos bastante curtos e arrepiados, com uma imponente franja reta e super simétrica.Ainda curtinhos, os cabelos apareceram ruivos, com todos os fios traseiros projetados para cima, nuca de baixo raspada e laterais compridas e assimétricas. Também vieram volumosos, cortados em diversas camadas na parte traseira da cabeça, com um leve efeito arrepiado. Aqui, finas mechas laterais mantiveram seu longo comprimento, sinalizando um toque especial.A brincadeira com as texturas uniu-se à das cores em um penteado com a base do lado esquerdo bem lisa e cachos em toda a área restante ajeitados para cima, com muito volume. E sem esquecer do estilo avant garde, Bellver apresentou um penteado cônico, cuja finalização foi feita com uma linha e spray. Simples, mas muito bonito. Modelos também exibiram looks divertidos onde mechas dobradas simulavam fitas, fios penteados para cima serviam de base para prender apliques ondulados e um coque com franja reta e, finalmente, cabelos ruivos foram divididos ao meio, e deram origem a grandes estruturas arredondadas.
.
A segunda noite de Creative Color International teve início com a apresentação do hairstylist inglês John Santilli. Um universo de tonalidades intensas como laranja, preto, loiro e vermelho embalaram os penteados e cortes do artista.Cabelos compridos surgiram nos formatos de V e A, quebrando a supremacia de fios curtos, mas esbanjando elegância. Esta que, aliás, foi a marca registrada do desfile de Santilli. Em vários momentos a moda oitentista demonstrou ter sido uma das maiores inspirações do hairstylist para compor seu desfile de looks perfeitos. Entre eles, fios curtíssimos pretos e assimétricos, com uma enorme franja na altura dos olhos destacaram-se, junto a penteados que exibiam juntos ou separados, cachos em tons vermelho e preto. Outra aposta foi no visual liso com ondas nas pontas.A mistura de cores foi um dos pontos altos da apresentação, que também foram usadas de maneira que novos tons fossem revelados conforme a posição da luz projetada sobre as modelos. Dessa maneira, até uma auréola de fundo azulado revelou-se.Simetrias perfeitas deram as caras em franjas impecavelmente retas, nucas bem marcadas, e ora descobertas. Co-fundador da Vidal Sassoon Academy e criador do Santilli System, John Santilli ainda surpreendeu a plateia revelando seu lado dançarino. Ao som de Twist and Shout, dos Beatles, ele esbanjou espontaneidade ao realizar uma performance ao lado de suas modelos.
.
Muita simetria, uma mistura incrível de cores, algumas das músicas pop mais dançantes do momento e até um cover do eterno rei do pop. Assim foi a apresentação da Compagnia Italiana na segunda noite de Creative Color International.
Ao som de Black Eyed Peas, Rihanna e Michael Jackson, Alessandro Abbei realizou um corte que vai ao encontro direto de uma das mais fortes tendências de verão: curtinho e com nuca nua, com fios loiros e pretos juntos e harmoniosos em uma simetria perfeita.
Enquanto isso, Antonio Aliberti quebrou as regras e investiu nos cabelos desfiados, ruivos e deu uma trégua às formas perfeitas, proporcionando, com suas tesouradas, um volume todo especial ao delicado e fino cabelo da modelo.Um dos elementos mais divertidos do show dos italianos foi o jogo feito com as cores na superfície e fundo dos cabelos. Uma das modelos surgiu com os fios de baixo pretos e os da camada superior caramelo, ressaltados por um corte em camadas em direções diferentes, o que permitiu uma exploração ainda maior do look.O comprimento médio dominou a passarela, mas a cada momento com uma cara diferente, fosse com as modeladas para dentro, formando uma espécie de concha, ou para fora, como uma asa delta. E os cachos também tiveram seu lugar em meio a tanta beleza. Estavam lá, também mais curtos, mas impecáveis.
.
Grupo Passaró Hombre, são autoridades quando o assunto são looks masculinos. Em parceria com a BSG, os hairstylists produziram uma tendência que celebra a evolução e a beleza das produções para os homens. Um dos maiores destaques são as cores, que antigamente passavam longe das cabeças deles. Na forma de mechas, ou em sua totalidade, os cabelos surgem acobreados, loiros, pretos ou vermelhos, elas garantem um estilo inovador e ousado. Os cortes, feitos com máquina, revelam franjas irregulares e quebram outro tabu. Elas também surgem laterais, e dividem espaço com os clássicos fios arrepiados, o que promove uma junção de passado , presente e futuro. E aos mais conservadores, uma boa notícia: o visual certinho, estilo escritório está lá, mas também com um toque especial.
.
Por Design em Cabelo by Gustavo Alves.










3 comentários:

Fabianna Souza disse...

UAAAAAU, JÁ PENSOU EM TRABALHAR COMO EDITOR DE TEXTOS DE REVISTAS DE MODA?

Paula disse...

muito bom mesmo! pena que não tem mais fotos, mas pelo que você descreveu,muito bem pelo sinal, deve ter sido incrível o evento!!

suelen disse...

gu ta arrasandooooooooooooooooo com esse blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...